Mudança de Vida

<Hoje postei duas reflexões para você. Depois desta maravilhosa lição, está a continuação do meu livro Atitude de Campeão. Espero que você tenha gostado>
Havia uma mulher que vivia muito triste, achava que sua casa era feia e pequena , que a sua vida era muito sacrificada e que trabalhava demais.
A casa era simples, ficava  em uma chácara  grande, onde criavam uma vaca , um cavalo, alguns porcos, patos e galinhas.
Seu marido era um homem saudável e bem humorado, procurava de todas formas fazer com que ela e os três filhos fossem felizes,mas qual o que, a mulher
vivia reclamando com seu marido , maldizendo a vida que vivia e que ela tinha muito trabalho, choramingava dizendo que ninguém no mundo era mais infeliz que ela.
Levantava-se cedo, logo com o sol, quando o galo cantava e ia para a cozinha fazer o café.O marido já vinha logo em seguida, pegava a leiteira e ia tirar o leite da vaca.
Os filhos eram acordados por ela e logo ficavam prontos para ir à escola , pois a condução para levá-los até lá, chegava cedo.
Todos tomavam o café com leite, pão e queijo e comiam algumas frutas da época, fresquinhas, colhidas no quintal.
Depois que os filhos saiam para escola, ela ia alimentar os animais, e colocar a roupa suja de molho  na água e sabão.
Enquanto seu marido ia cuidar da horta, da plantação de milho e feijão ela se ocupava da arrumação da casa.
No tempo em que a comida cozinhava ela lavava a roupa e estendia.
Quando as crianças voltavam da escola, ela chamava o marido e juntos faziam as refeições, porém ,ela sempre vinha com muitas reclamações.
Dizia que faltava espaço na casa,que a sua vida era muito chata, que só saiam nos finais de semana e que achava que seu marido deveria tomar alguma providência para modificar a situação da família.
À tarde, os filhos e o marido se ocupavam dos serviços que não haviam sido feitos na parte da manhã, consertavam cercas e faziam arrumações no sitio.
Um dia, não aguentando mais as reclamações da esposa, o marido resolveu procurar um sábio que vivia nas proximidades e pediu-lhe um conselho.
_O que devo fazer para que minha esposa pare de reclamar da casa e do nosso modo de viver?Já que não posso fazer nada para mudar esta situação, gostaria que ela entendesse e parasse de reclamar.
O sábio aconselhou-o a ir colocando os animais para dentro de casa.Um dia o galo, depois as cabras, os porcos, os patos e as galinhas.
_Tá louco? Minha mulher vai ficar mais infeliz ainda!
O sábio disse-lhe que obedecesse e que se a mulher reclamasse,  dissesse que era uma simpatia  para que eles melhorassem de situação financeira , e que ele o  sábio, é que havia mandado.
O marido voltou para casa e fez exatamente o que o sábio mandara, no primeiro dia , o  galo, mesmo amarrado, andou quebrando umas louças e enchendo todo chão de estrume.No dia seguinte, as cabras que foram para dentro de casa além de sujarem tudo, deixavam um cheiro horrível e até comeram a toalha da mesa.
A mulher já estava quase louca, nem se lembrava mais de reclamar da vida, que agora  estava insuportável.Pior ficou quando o marido levou para dentro da casa os porcos e as galinhas.A mulher não queria desobedecer o sábio, achava que ia ficar rica, portanto aguentava tudo.
A família estava em pé de guerra, discutiam por tudo, viviam reclamando e ninguém queria mais entrar em casa.Tudo virou um inferno, já não havia mais harmonia.
O homem desesperado foi procurar o sábio e este lhe mandou começar tirar os animais , um por dia , assim como os havia colocado.
No primeiro dia com a saída dos porcos, todos já sentiram mais aliviados , no segundo dia quando saíram as galinhas, a casa ficou quase habitável.Cada animal que foi sendo retirado foi deixando a casa mais agradável e mais limpa.Assim com a retirada do último animal, a casa já parecia um palácio em comparação com que era uns dias antes.
A mulher começou  a arrumar e cuidar da casa, substituir por objetos novos  o que tinha sido quebrado e de repente a casa estava agradável e a vida muito melhor.
A partir daquele dia ela não mais reclamou do tamanho da casa e nem da vida que levava.O sábio veio e disse:
-Viu como a sua vida é boa?Poderia  continuar a ser do jeito que foi  até ha  alguns dias passados, mas veja como você é feliz agora !
Muitos de nós somos como a mulher dessa história, vivemos querendo algo que já temos , só não sabemos valorizar!
É certo que temos sonhos, mas enquanto eles não se realizam não precisamos ficar de mal humor ou culpar o mundo.
“A vida é uma pedra de amolar: desgasta-nos ou afia-nos, conforme o metal de que somos feitos.”George Bernard Shaw
Vamos combinar que viver uma vida reclamando dela, ninguém merece!
Wanda Wenceslau

*Esta história  foi adaptada, ouvi sempre contar, não sei quem é o autor*

Fonte: esperandoaprimavera.blogspot.com

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: