Muçulmanos e o caminho para o céu


Caminho para o céu: Matar ou amar?

Jesus o caminho, imagem do:vivendocomoservo
Amados!
Leiam com atenção e repassem!
Pr. Waltenir

Uma dúvida: podemos considerar os muçulmanos “nossos irmãos e amigos”?

Leiam o breve texto abaixo e tirem suas próprias conclusões…

E se ainda tiveram alguma dúvida, leiam o “Alcorão”, como eu fiz, para facilitar seu posicionamento.

Atenciosamente,

“Nós estamos abrindo as portas, as conseqüências cairão sobre nossos descendentes”.

REUNIÃO DE CAPELÃES DE PRISÕES DOS ESTADOS UNIDOS DA AMÉRICA
CONCLUSÕES DA REUNIÃO:

A religião muçulmana é a que mais cresce em número nos Estados Unidos, especialmente nos grupos minoritários. No mês passado, assisti à uma classe de treinamento, para manter as minhas condições de segurança no departamento de prisões do estado.
Durante a reunião, foram apresentados três dos intervenientes que dissertaram sobre o tema: Um sacerdote católico, um pastor protestante e um imã muçulmano, que nos deram diversas explicações. Na minha qualidade de capelão, interessava-me, sobretudo o que o imã islâmico diria.
O imã fez uma completa e detalhada apresentação da sua religião de base do islamismo, apresentando inclusive alguns vídeos.
Depois das apresentações, foi concedido um tempo para perguntas e respostas.
Quando chegou à minha vez, perguntei ao imã:
Por favor, corrija-me se me equivoco, mas segundo entendo, a maioria dos imãs e clérigos do Islã, declararam a “JIHAD” (guerra santa), contra os infiéis de todo o mundo. De modo que matando um infiel, que é uma ordem para todos os muçulmanos, têm assegurado um lugar no céu. Se assim é… pode dar-me uma definição de infiel?
Sem discutir minhas palavras, o imã disse: “São os não crentes”.
Questionei: Permita assegurar-me que o entendi bem: A todos os seguidores de Alá, é-lhes ordenado que matem a todo aquele que não é da sua fé, para poderem ir para o céu? Está correto?
A expressão da sua cara mudou de uma autoridade para a de uma criança apanhada em flagrante a ir à caixa das bolachas. Com ar envergonhado respondeu: ASSIM É!
Acrescentei: pois bem senhor imã, tenho um verdadeiro problema quando imagino se o Papa Bento XVI ordenasse a todos os católicos que matassem todos os muçulmanos e que o Dr. Stanley ordenasse a todos os protestantes que fizessem o mesmo para também poderem ir para o céu…
O imã ficou mudo.
Continuei: Também estou com um problema que é ser seu amigo, quando o senhor e os seus colegas, dizem aos seus pupilos que me matem. O que preferiria o senhor: a Alá que lhe ordena matar-me para poder ir para o céu ou a Jesus que me ordena amá-lo, para que eu vá para o céu e que o leve comigo.
Podia-se ouvir cair uma agulha no chão de tanto silêncio, quando o imã inclinou a cabeça de vergonha.

COM O NOSSO SISTEMA JUDICIAL LIBERAL E POR PRESSÃO DA “ACLU” (Organização Árabe Americana), ESTE DIÁLOGO NÃO SERÁ PUBLICADO. POR ISSO, ROGAMOS QUE FAÇA CIRCULAR ESTE DIÁLOGO POR TODAS AS SUAS LISTAS PARA O DAR A CONHECER.

Rick Mathes – Capelão de prisões (USA)

“OU VIVEMOS TODOS JUNTOS COMO IRMÃOS OU MORREMOS TODOS JUNTOS COMO IDIOTAS”! (Dr. Martin Luther King)

Se eles matam e se matam pela sua fé… porque não enviar este e-mail aos meus amigos e irmãos de fé…

Sejamos corajosos!!!

One response to this post.

  1. Posted by Nelson Nincao on 04/04/2011 at 15:49

    Alguém já disse com muita propriedade que uma fé imposta pela espada não pode ser verdadeira. A verdadeira fé é expressa voluntariamente e por amor, nunca por força de lei ou pelo medo.

    Responder

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: