Você quer ser gerente?

Você quer ser gerente?

Por Antonio Braga

Quando se aborda o tema liderança nas empresas, dentre os vários comentários dos funcionários sobre promoção, destacam-se os de dois grupos bem característicos e distintos: dos injustiçados e daqueles que não almejam crescer.

No primeiro grupo, estão os profissionais que se sentem injustiçados por não serem reconhecidos. Trabalham muito, são esforçados, mas a promoção nunca ocorre. Enquanto isso, outros colegas menos trabalhadores chegam à gerência com facilidade. Já no outro grupo, encontram-se os que não desejam ser gerentes justamente por ser uma função que exige muito, talvez não compensando o esforço, preferem qualidade de vida, sem muito estresse. Será que isso é verdade ou são apenas desculpas para justificar a falta de competência e atitude?

Na verdade, nem sempre os funcionários mais trabalhadores sobem os degraus da hierarquia da empresa. Muitos ficam estagnados porque se concentram somente nas habilidades técnicas, relegando os relacionamentos interpessoais que diferenciam as pessoas para o exercício da liderança.

O profissional inteligente e de visão é aquele consciente de que, para crescer em uma companhia, além das habilidades técnicas, é fundamental dominar as habilidades humanas e conceituais. Por isso, ele tem curiosidade de aprender tudo dentro da organização, procurando entender seu complexo funcionamento e interligação de processos, que são atividades dos administradores de sucesso.

Portanto, gerenciar não significa trabalhar exaustivamente como muitos profissionais imaginam. Assim como fazer muito esforço físico e suar a camisa demais não funciona no atletismo, nas empresas também ocorre o mesmo. O que se espera são pessoas que saibam, primeiramente, usar a mente.

De nada adiantará recursos financeiros, materiais e tecnológicos se os indivíduos não estiverem motivados para executar seus trabalhos com boa vontade, apesar de serem conscientes de suas obrigações. Sem dúvida, os resultados não podem ser os desejados.

Para o êxito da direção, o administrador deve entender as pessoas, saber se comunicar, ser compreensivo e flexível, saber lidar com conflitos, gostar de trabalho em equipe e não ser concentrador, delegando tarefas a seus colaboradores. Ao fazer isso, você maximiza seu tempo, desenvolve novos líderes e mantém funcionários competentes e satisfeitos na empresa.

Para que seu texto seja publicado na e-zine Liderança, você precisa, primeiramente, postá-lo na Comunidade VendaMais. Os mais bem avaliados garantem seu espaço em nosso boletim semanal. Faça como o consultor Antonio Braga, visite o site: http://www.comunidadevendamais.com.br e publique seus artigos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: