Posts Tagged ‘PRÉ-TRIBULAÇÃO’

MISTÉRIOS DO ARREBATAMENTO 2

MISTÉRIOS DO ARREBATAMENTO

LIÇÃO 2  ( veja antes A LIÇÃO 1)

Chegou o dia da aula de escatologia. A expectativa era geral. O que será que o mestre irá dizer?

Boa tarde pessoal! Tudo bem com vocês? Depois de uma breve oração, o Pr. Marconi iniciou a aula pedindo que os alunos abrissem suas bíblias em II Tessalonicenses dois.

– Aí vem bomba cochichou Bruno falando para Vânia.

Bem tranqüilo o professor falou: Na aula passada a Milena fez uma ótima explanação do seu ponto de vista. Agora a palavra está com os pré-milenistas. Quem se habilita, perguntou ele?

Todos olharam para o Rodolfo que impelido pela pressão, iniciou sua fala: Todos sabem a minha posição e não é porque aparece uma novata com idéias sem consistência que eu vou mudar de opinião.

De posse do livro de Tim LaHaye e Ed Hindson, “13 Chaves para compreender o fim dos tempos”, asseverou: Vocês sabem quem é o Tim LaHaye? Acredito que todos já assistiram  a série de filmes, “Deixados para trás”.

Sem nenhuma ofensa à nossa colega, não se pode comparar um escritor de fama e experiência internacional com qualquer pessoa que acha que conhece a bíblia.

Imediatamente o professor fez uma intervenção e disse: Calma rapaz! Nós precisamos respeitar uns aos outros. Faça a sua explanação sem ferir a sua colega, pois você sabe muito bem que aquele que se exalta será humilhado.

Desculpe professor respondeu o Rodolfo, foi mal, Milena.

Na página 50 desse livro, os autores afirmam o seguinte:

“As referencias bíblicas à segunda vinda claramente descrevem duas fases distintas. Há simplesmente muitos elementos conflitantes nestas fases para confundi-las em um único evento”.

“Na primeira fase, Jesus virá repentinamente para arrebatar sua igreja nos ares e levar todos os cristãos para a casa de seu Pai em cumprimento à sua promessa EM João 14: 1-3. Lá, eles irão comparecer ante o Tribunal de Cristo (2 Coríntios 5: 9,10) e participarão das bodas do Cordeiro” (Apocalipse 19:1-10).

Viram? É assim que será e está muito clara esta explicação com bases bíblicas citadas. Alguém tem alguma dúvida?

Os alunos se entreolharam, mas ninguém ousou contradizê-lo. Rodolfo conclui dizendo: Neste livro encontramos uma tabela que compara as duas linhas de interpretação e nela encontramos que:

1 – cristo vem para os cristãos nos ares.

2 – Todos os cristãos na terra serão colocados em novos corpos.

3 – Os cristãos serão levados para a casa do Pai no Céu.

4 – Não há julgamento na terra.

5 – A igreja será levada para o Céu.

6 – Pode acontecer a qualquer hora (é iminente)

7 – Não há sinais que o precedem.

Acho que já chega, senão eu vou ter ler o livro todo, conclui Rodolfo se dando por satisfeito.

O professor pergunta alguém quer falar alguma coisa? Quem concorda e quem discorda?

Alguém no fundo da sala gritou, é isso aí Rodolfo!

Para surpresa de todos, Priscila, a namorada de Ricardo pede para falar.

Professor, eu não estou entendendo, mas o Senhor pediu provas bíblicas com textos diretos, claros e literais, mas o Rodolfo trouxe a interpretação de um livro.

Eu não tenho muita experiência, mas achei umas coisas meio esquisitas na explicação. Acho que na aula passada eu entendi que Jesus virá do céu trazendo consigo os que dormem que ressuscitarão e serão arrebatados com a gente. O livro diz que nós iremos para a casa do pai no céu. Segundo estou entendendo haverá um desencontro.

Por coincidência, eu resolvi ler 2Tes.1 pra ver se o contexto ajudaria e encontrei no verso 10 que Jesus vem para ser glorificado nos seus santos. Como é isso, professor?

Antes mesmo que o professor respondesse, Ricardo se antecipa e diz: Professor, por favor, vamos examinar o ensino que está no livro como faziam os de Bereia?

Muito bem Ricardo; esta posição é sábia, vamos examinar juntos esta citação trazida pelo Rodolfo. Temos que colocar à prova todas as coisa e reter o que é bom.

Alguém deseja se pronunciar? Desta vez todos olham para Milena com a cara de quem está dizendo: Aí vem bala!

Muito calma Milena responde: eu prefiro ficar quieta para não gerar uma polêmica. Essa palavra pareceu ser mágica. Aguçou a Turma e a maioria falou em coro: Vai Milena, fala Milena!

O Professor acenou positivamente e Milena se levantou e foi à frente.

Por favor, não me interpretem mal, mas eu sou muito minuciosa e percebo as coisas com facilidade. O autor do livro, afirmou que:

“As referencias bíblicas à segunda vinda claramente descrevem duas fases distintas. Há simplesmente muitos elementos conflitantes nestas fases para confundi-las em um único evento”.

Fiquei esperando que ele citasse essas referencias, que afirmassem que haveria essas duas fazes da vinda do Senhor, mas essas referencias, simplesmente não existem.

Vejam sem nenhuma opinião preconcebida os versos que ele citou para embasar a sua afirmação. Depois de abrir a sua bíblia, Milena leu o texto para a classe.

“Não se turbe o vosso coração; credes em Deus, crede também em mim. Na casa do meu Pai há muitas moradas. Se assim não fora, eu vo-lo teria dito. Pois vou preparar-vos lugar. E quando eu for, e vos preparar lugar, voltarei e vos receberei para mim mesmo, para que onde eu estou estejais vós também”.

Meus queridos sejam HONESTOS consigo mesmos. Onde esse texto está afirmando claramente que a vinda de Jesus se dará em duas fases distintas?

Alguém poderá dar uma explicação de como encaixar esse texto nesta na afirmação das duas fases? O silêncio imperou na classe. Até o próprio Rodolfo petrificou-se.

Milena olhou para o professor que acenou com a cabeça que ela continue com sua parte.

Milena tomou o segundo texto citado no livro e leu para a Tuma;

“É por isso que também nos esforçamos, quer presentes, quer ausentes, para lhe ser agradáveis. Porque importa que todos nós compareçamos perante o tribunal de Cristo para que cada um receba segundo o bem ou o mal que tiver feito por maio do corpo”.

Esse segundo texto citado no livro visa confirmar que a igreja vai ser arrebatada para comparecer perante o tribunal de Cisto e para as bodas do Cordeiro.

Pela segunda vez pergunto; você já leu o contexto deste texto? Por amor de Deus meus irmãos, aí já é forçar a barra escandalosamente, para não dizer: dolosamente. Este contexto não tem nada a ver com arrebatamento. Leiam o contexto.

Diante de uma aberração dessas, eu peço a intervenção do professor.

Professor, por favor, ou pelas misericórdias de Deus, como rogou Paulo em Romanos doze, não permita que os meus irmãos engulam uma maldade dessas!

Se houve silêncio nas outras vezes, agora nem respiração era ouvida.

O professor, com muita sabedoria e habilidade costumeiras, assumiu a palavra, pois sempre teve o comando em suas mãos. Esse tipo de comportamento, quase que ausente, fazia parte da sua estratégia de treinar os alunos a terem as suas próprias respostas.

Marconi pediu para Milena sentar e começou a discorrer pausadamente. Na aula passada eu pedi para que houvesse quem defendesse a sua posição com textos diretos e literais dentro do contexto geral do tema abordado. A colega Milena trouxe uma explanação sólida e segura usando argumentos da Palavra de Deus, usando um texto que deixa clara a intenção do apóstolo escritor.

Hoje, o colega Rodolfo trouxe, para provar a sua convicção, um livro de um escritor muito famoso, mas não foi muito feliz com a sua escolha, pois os textos usados com tanta veemência, na verdade, foram textos desconexos e fora do contexto do tema por nós estudado.

Portanto, Rodolfo, essa tentativa de confirmar e consolidar a sua interpretação não foi acolhida, mas lhe ofereço mais uma oportunidade de defesa. Sugiro, no entanto, que o senhor procure textos bíblicos que confirmem que a vinda de Cristo se dará em duas etapas. Esqueça livros ou ferramentas de terceiros e seja totalmente bíblico.

Ricardo pede para falar e o professor avisa que ela terá pouco tempo, pois a campainha irá tocar em poucos minutos.

– Quero colocar em cheque aquelas citações que a igreja irá para o céu no arrebatamento e que todos os cristãos terão um corpo novo, e que não há sinais que precedem a vinda do Senhor.

Ok. Diz o professor. Isso veremos na próxima aula, pois o nosso tempo acabou. Exatamente neste momento a campainha tocou anunciando o final da aula.

 

 

 

 

 

Anúncios