Pregos na Cerca

Esta é a história de um garoto que tinha um temperamento muito ruim. O pai desse garoto deu-lhe um saco com pregos e lhe disse que toda vez que ele perdesse a sua paciência deveria martelar um desses pregos atrás da cerca.

No primeiro dia o garoto enfiou 37 pregos na cerca. Em algumas semanas de acordo como ele ia aprendendo controlar o seu temperamento, o número de pregos martelados por dia reduziu gradativamente. Ele descobriu que era mais fácil controlar o seu temperamento do que martelar todos aqueles pregos na cerca.

Finalmente chegou o dia em que o garoto não perdeu o seu temperamento. Conseguiu se controlar. Então ele contou ao pai este sugeriu que ele retirasse um prego cada dia que ele conseguisse controlar o seu temperamento.

Finalmente chegou o dia que o garoto havia tirado todos os pregos da cerca. Então o seu pai pegou-o pela mão, levou-o até a cerca e disse:

– Você foi muito bem meu filho, mas olha os buracos na cerca. A cerca jamais será a mesma. Quando você diz coisas com raiva, essas coisas deixam cicatrizes exatamente como estas. Você pode enfiar uma faca em um homem e retirar. Não vai importar quantas vezes você peça desculpas, o buraco estará lá do mesmo jeito. Um ferimento verbal é tão ruim quanto um ferimento físico meu filho. Amigos na vida são jóias muitíssimo raras. Eles fazem você sorrir e lhe dão apoio para que você tenha sucesso. Eles emprestam um ouvido, eles lhe elogiam e tem o coração sempre aberto para você, especialmente para dizer as verdades. Você é meu amigo, além de meu filho e eu agradeço muito por isso.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: