Que Tal um Pouco de Silêncio?

 

Que tal um pouco de silêncio?

Nos últimos dias, tenho pensado muito no silêncio. Eu não sei você, mas eu tenho convivido cada vez mais com o barulho. É trânsito, buzinas, pessoas falando o tempo todo, etc. Parece que nos acostumamos e até mesmo evitamos o silêncio.

Eu, a exemplo de muitas pessoas, chego em casa e a primeira coisa que faço é ligar a TV ou rádio. Isso quando não faço as duas coisas ao mesmo tempo e ainda ligo o computador para conversar no MSN. Entro no carro e, antes de qualquer coisa, ligo o rádio. Será que temos medo de ficar em silêncio? Talvez, porque isso nos faria pensar mais em nós, em nossos questionamentos e na vida que temos. Também porque vivemos sempre num ritmo acelerado e, obviamente, o silêncio não faz parte de nossa rotina.

Então, decidi experimentar o silêncio. Durante a semana passada, optei por fazer minhas caminhadas no parque sem ouvir música – todos os dias. E, para minha surpresa, foi ótimo. É verdade que tive poucos minutos de silêncio, mas foram bem ricos em termos de reflexões a respeito de minha vida. Além disso, também tive o privilégio de ouvir o canto dos pássaros bem pertinho de mim, escutar o barulho da agitação dos peixes na água, entre outros sons que, quando intercalados com períodos de silêncio, podem se transformar em momentos bastante desestressantes.

Minha experiência foi ótima. E tenho repetido a minha busca pelo silêncio. Seja num parque, quando me deito para dormir ou quando acordo. E, se por acaso você também estiver precisando de um pouco de silêncio, recomendo o seguinte:

  • Tire pequenos períodos de seu dia para ficar em silêncio absoluto. Sem música, TV e sem ninguém por perto. Isso é fundamental para nos conhecermos mais e também pensarmos em nossa vida.
  • Procure ter mais contato com a natureza. Por mais que ela não ofereça um silêncio contínuo, seus sons são de ótima qualidade. Ajudam a nos inspirar!

Um grande abraço e até a próxima semana,

Karen Jardzwski
Redatora-chefe da revista Motivação
karen@motivaonline.com.br

A reprodução total ou parcial deste texto é permitida, exceto para fins comerciais, com a fonte devidamente citada: “Por Karen Jardzwski. Material publicado na e-zine do site: http://www.motivaonline.com.br

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: